Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

ADR realiza levantamento das demandas do HMISC

Reunião para encaminhar as principais necessidades da instituição foi realizada ontem
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 19/09/2017 - 11:15Atualizado em 19/09/2017 - 11:21

A ADR (Associação de Desenvolvimento regional) de Criciúma está realizando um levantamento das demandas do Hospital Materno Infantil Santa Catarina e ontem aconteceu uma reunião para encaminhar as principais necessidades da entidade ao governo do estado. Na reunião estiveram presentas representantes da Câmara de Vereadores, a secretária Municipal de Saúde de Criciúma, Francielle Gava, e representantes da Unesc.

Segundo o gerente regional de saúde, Fernando De Fáveri, os levantamentos feitos foram sobre os custos para terminar as obras, os custos para manutenção e os custos futuros a partir da conclusão da obra.

“Esses dados já estão computados, mas vamos aguardar a visita do técnico do Ministério da Saúde que vem fazer uma avaliação e aí então levamos um relatório sobre os levantamentos ao vice-governador Eduardo Pinho Moreira”, explicou.

Segundo Fernando, a cada R$ 1 dado pelo Estado e municípios da região, o Ministério da Saúde vai dar também R$ 1.

“A gente está calculando que seja necessário R$1,5 milhão para que o Hospital esteja aberto atualmente. A conclusão das obras gira em torno de R$ 8 milhões, com a previsão de R$ 4 milhões do governo federal e teremos que buscar mais R$ 4 milhões com os deputados. Já temos a garantia de R$ 2,5 milhões do governo do estado para garantir o gerador de energia. Após essa obra, o custo mensal para mantar o Hospital é de R$ 2milhões mensais”, declarou.