Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

A Retomada: o documentário do Tigre na Série C

A iniciativa é de Cleiton Ramos, que pretende viajar o Brasil para conferir e documentar o acesso do Criciúma
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC , 14/08/2020 - 12:53Atualizado em 14/08/2020 - 16:01
Foto: Cleiton Ramos / Arquibancada Tricolor
Foto: Cleiton Ramos / Arquibancada Tricolor

Já são quase nove meses desde que o Criciúma, em um empate de 0x0 contra o CRB, foi rebaixado à Série C. Em 2020, o Tigre chegou às semifinais do Campeonato Catarinense, após uma longa pausa por conta da pandemia de Covid-19, e estreou na terceira divisão do Brasileiro na última segunda, 10. Em homenagem ao clube e seu público, o fotógrafo Cleiton Ramos acompanhará o Tigre em todos os jogos da divisão, com o objetivo de fazer um documentário contando o acesso do time para a Série B de 2021. 

“Esse é um projeto que já vem de longa data. Desde o início do ano começamos a fazer o planejamento para contar a trajetória do Criciúma na série C. Será um documentário em vídeo, já estou colhi as imagens dessa primeira etapa, em Londrina, e tudo será contado no final do ano”, declarou Cleiton.

Idealizador do perfil Arquibancada Tricolor, Cleiton tem uma longa jornada dentro da torcida do Tigre. Ele participou por 20 anos da torcida organizada Guerrilha Jovem, dos quais 15 exerceu o papel de presidente. Agora, como fotógrafo profissional, ganhou a responsabilidade de representar o público através das lentes - em um momento em que os torcedores não podem comparecer ao estádio.

No perfil da Arquibancada Tricolor, Cleiton registra os torcedores que marcam presença em diversos jogos do Criciúma, trazendo, também, o olhar do público para dentro dos gramados. A câmera utilizada para os registros, que será usada também para os registros do documentário A Retomada, foi um presente da própria torcida. 

“Tenho uma câmera que foi dada pela torcida, e ganhei a responsabilidade de fazer o registro do torcedor de dentro da arquibancada. Ganhei a máquina e a lente dos Tigres, da torcida organizada, que me deu a responsabilidade de estar registrando, enquanto viajo e faço o documentário”, pontuou.

Para registrar a jornada do Criciúma na Série C deste ano, Cleiton precisa do apoio de patrocínio de empresas privadas e dos próprios torcedores, já que precisa arcar com o custo das viagens. A próxima parada do torcedor, juntamente com o Tigre, será neste sábado, contra o Boa Esporte Clube, em casa.

Para ajudar no projeto, basta entrar em contato através do perfil do Instagram @arquibancadatricolor1 ou do número (48) 99618-9383.