Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

"A gente encara como jogo decisivo", afirma Luizinho sobre duelo com o Tigre

Velho conhecido do Criciúma comanda o adversário da tarde deste domingo
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 06/09/2020 - 13:49Atualizado em 06/09/2020 - 14:16
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Mais que a disputa pela liderança do grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C, o Tigre tem encontro com um velho conhecido na tarde deste domingo, 6. Do outro lado, além de ter um adversário forte, que vem de três vitórias, estará o técnico Luizinho Vieira. 

No Criciúma ele comandou o Sub-20, foi assistente e técnico interino do profissional. Agora, busca usar este conhecimento que tem do estádio Heriberto Hülse para tentar mais uma vitória para o Voltaço, mas ele sabe das dificuldades que encontrará. “É um jogo que gera grande expectativa. A gente encara como jogo decisivo. A gente começa bem a competição, assim como o Criciúma também começou. A importância de um resultado positivo é gigantesca, em cima de estar brigando pela classificação e por isso todos os cuidados são bem vindos na montagem de uma estratégia, de ter o controle do jogo sem bola que é muito importante”, comenta.

João Carlos comemora um dos gols que deu a vitória sobre a Tombense

A força do Criciúma

Vieira salienta que, assim como seu time, o Criciúma cresceu nos últimos jogos, tanto que vem de duas vitórias. “O Criciúma cresceu muito, principalmente nestes dois jogos em casa, mostrou a sua força com um modelo diferente do que vinha jogando. A gente vai tomar todos os cuidados necessários para fazer uma boa marcação, mas eu não vou abrir mão de alguns pontos que são fundamentais para a gente ter a boa marcação para chegar à frente com qualidade, velocidade, com muita personalidade, que é importante, justamente porque a gente entende o bom momento que a gente vive também”, fala.

Confira também:

A busca pela liderança da Série C

Os cuidados a serem tomados também são destacados pelo treinador. “Tomar cuidado, principalmente com o Taddei que vem trabalhando bem, com o Jean Lucas, o Criciúma tem um jogador interessante que eu gosto muito, que é o Foguinho, que faz uma transição ofensiva com muita qualidade, que arrasta o jogo para o momento ofensivo e um finalizador que é o Michel que tem qualidade, que a gente conhece muito bem também”, cita.

Luizinho Vieira no comando do treino antes do confronto com o Criciúma

Sem mudanças

O Volta Redonda tem 10 pontos em quatro jogos, um a mais que o Tigre e Luizinho afirma que não irá mudar a forma de jogar. “A gente não muda muito o que vem fazendo nos últimos jogos em relação à parte tática. O Criciúma tem um bom time, é um time ofensivo, mas não tenha dúvida que a gente vai procurar dentro do nosso estilo procurar fazer os dois momentos que eu entendo do futebol que é o momento sem bola, que a gente tem que estar bem postado para fazer uma marcação agressiva e usar esta agressividade no campo de ataque com velocidade, força, justamente para poder fazer um jogo muito forte para voltar com uma vitória que seria muito importante para a sequência da competição”, finaliza.

Invicto e com um aproveitamento de 83% até o momento, o Volta Redonda marcou nove vezes nas quatro rodadas disputadas, com uma média de 2,25 gols por partida. Já na defesa, o Voltaço está há mais de 180 minutos sem sofrer gols.


A campanha do Volta Redonda até aqui na Série C:
BOA 2X2 Volta Redonda
Volta Redonda 3x1 Ituano
Volta Redonda 2x0 Tombense
São José 0x2 Volta Redonda