Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“A gente acredita que para semana que vem esse hospital vai estar funcionando”

Vice-presidente do Ideas explica o que falta para o HRA voltar a operar
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 12/01/2018 - 18:54Atualizado em 12/01/2018 - 19:08
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Chegou ao fim a novela envolvendo o Hospital Regional de Araranguá (HRA) e o Instituto Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas). Nesta sexta-feira (12), equipes da administradora verificaram as reais condições da unidade, que passa por uma defasagem de equipamentos. Embora com o inventário pronto, o Ideas não estipula uma data para a reabertura dos serviços médicos, mas deve acontecer na próxima semana.

O fim de semana será de muito trabalho no HRA. Quem se candidatou para as vagas passará por entrevista no setor de Recursos Humanos (RH), sendo que até segunda-feira (15) os nomes deverão ser entregues. Para terça-feira (16), é prevista uma reunião geral, com todos os contratados.

Data de reabertura

Analise para a contratação de funcionários e recuperação de equipamentos. O HRA deverá passar por alguns procedimentos antes da reinauguração, que deve acontecer na próxima semana, mas sem uma data especificada.

“Esse é um hospital muito grande. Vamos (reabrir) quando tiver a mínima condição de receber o paciente na emergência. A gente quer e trabalha em uma parte muito complexa. É complicado dar prazos, pois, precisam ser cumpridos, mas posso garantir que todos terão uma boa resposta”, analisou o vice-presidente do Ideas, Julhano Tiago Capeletti.

Condições encontradas pelo Ideas

Mesmo quando estava em funcionamento, ainda com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), o HRA já apresentava problemas de equipamentos. Basicamente, os aparelhamentos que não estão em falta são antigos.

“A primeira impressão foi de total desabastecimento, hoje (12) conseguimos dar um avanço para que as coisas fossem entregues no seu equiparo médico. Sábado (13) e domingo (14) estaremos trabalhando aqui”, analisou Capeletti.

O Ideas espera contar com o apoio do Estado durante a gestão, incluindo nesta fase de transição, que necessita de melhorias antes da reabertura. “O Secretario Acélio (Casagrande) nos deu um grande respaldo, assim como o Secretario Vicente (Caropreso), o próprio tomógrafo é muito antigo. Eles disseram que vão nos ajudar com o que tiverem condições. O nosso trabalho precisa ser imediato, o que precisamos é abrir o hospital”, afirmou.

Contratações

Quase 400 profissionais serão contratados pelo Ideas. As entrevistas com os inscritos serão realizadas durante o fim de semana. De acordo com Capeletti, neste pequeno espaço de tempo já foi possível coletar informações importantes, resgatando um bom corpo clínico.

“O Sindicato nos passou uma lista com 385 funcionários, a SPDM funcionava com 443 funcionários, alguns deles não gostariam de continuar trabalhando no Hospital, o que sobrou foi uma lista com 385 funcionários para prestar serviço”.

O vice-presidente do Ideas ressaltou que o HRA pertence ao Estado, e que a empresa pretende fazer uma administração clara para a população. Capeletti espera anunciar na segunda-feira os contratados.

“A maioria das equipes já estão acordadas. Existe segunda-feira uma reunião, com todo o corpo clinico, serão coletas todas as informações. Queremos divulgar segunda-feira à noite a lista com todos os funcionários selecionados”, disse.