Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“A CBF hoje tá mais suja do que poleiro", diz Milton Neves

Apresentador soltou o verbo em entrevista ao Som Maior Esportes
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 26/08/2018 - 14:30
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Ele é um dos apresentadores mais conhecidos do Brasil e aprendeu a gostar de futebol ouvindo pelo rádio. Milton Neves concedeu entrevista a João Nassif e Marco Búrigo, no Som Maior Esportes, falando sobre CBF, “caso Sanchez” e Tite. Para ele, o futebol brasileiro continua parado no tempo, principalmente devido aos problemas com os dirigentes da CBF.

“A CBF hoje tá mais suja do que poleiro. A verdade é que o Del Nero, investigado também nos Estados Unidos, enquanto presidente aqui ele não viajava, hoje ele não é nada, mas continua mandando de fora para dentro, ele ainda é o mandachuva”, comentou. “Falando em cartola, aí tinha um bom, o Antenor Angeloni, naquelas idas minhas a Criciúma eu conheci”, completou.

A Confederação Brasileira está com pouca influência em outras entidades, como a CONMEBOL e a Fifa. Um caso que deve ter desfecho na segunda-feira (27) envolve o Santos, time para qual Milton Neves torce. O Peixe poderá ser punido pela suposta escalação irregular de Carlos Sanchez, nas oitavas de final da Libertadores, contra o Independiente, assim a partida que acabou 0 a 0 seria considerada 3 a 0 para os argentinos. Não só isso, para o apresentador os problemas no time da Vila Belmiro começaram com o mandato de Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, o Laor, em 2009.

“O Santos tá virando uma Ponte Preta, cada vez entra cartola pior lá. Eu fiz uma campanha para Laor e o Odílio ganhar do Marcelo Teixeira, e eles ganharam mesmo. Se Laor morreu, ele enterrou o Santos mesmo. O Modesto Roma Filho foi muito mal e agora o Zé Carlos Peres, o cara que inventou a primeira ONG esportiva em um time de futebol. O Santos perdendo de 3 a 0 vai lembrar a Portuguesa, que tá na milésima divisão e quase fechando”, afirmou.

Tite

Milton Neves acredita que Tite não deveria ter sido mantido no comando da Seleção Brasileira após a Copa do Mundo. Segundo ele, Paulinho é um jogador abaixo da média e só jogou porque venceu a Libertadores junto com o treinador. Outro alvo do apresentador foi Gabriel Jesus, que não marcou gols no Mundial, e ficou em uma função de marcação, mesmo sendo centroavante.

“Desconfia-se muito de técnicos desde os anos 30 a.C. que convocava jogador para vender jogador, desconfia-se desse e daquele, pelo Tite eu coloco a mão no fogo. Nós temos dois Tites, antes da Copa do Mundo ele tava com nota 8,97, a Copa do Mundo dele foi 1,07, foi péssima. Não dá mais para aguentar a coletiva dele, tá parecendo pastor que tem na televisão, igual esses outros malas que ficam fazendo autoajuda”, disse.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito