Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

5G em Criciúma: duas estações já estão licenciadas

Na área central, conexão deve funcionar até agosto
Por Geórgia Gava Criciúma, SC, 18/07/2023 - 16:24 Atualizado em 18/07/2023 - 16:53
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Em Criciúma, duas antenas 5G da Vivo já estão instaladas. A informação foi divulgada pelo vereador Nícola Martins, em um vídeo publicado nas suas redes sociais. Um dos equipamentos está na Rua Jorge da Cunha Carneiro, no bairro Michel e, o outro, na Avenida Getúlio Vargas, na área central.  

"O 5G é a quinta geração de comunicação móvel. Não é apenas um avanço em relação ao 4G, mas uma mudança significativa naquilo que é proporcionado. Ele traz não apenas uma velocidade maior, mas uma capacidade de conexão e uma missão crítica também, ou seja, a ida e volta do sinal são mais rápidas", detalha o coordenador do Grupo de Trabalho do 5G da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Fernando Oliveira

No município de Criciúma, segundo Oliveira, é o primeiro passo junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para que a operadora possa fazer a instalação da antena. "Temos uma estimativa de que para que tenhamos a mesma cobertura do 4G, sejam necessárias de cinco a dez vezes o número de antenas 5G a mais. Isso deve levar um tempo", acrescenta o coordenador. 

Oliveira comenta que, atualmente, há mais de 12 mil antenas instaladas no Brasil e relembra que a expectativa, para Criciúma, era iniciar a instação do 5G apenas em 2026. "A velocidade de implantação no Brasil está muito mais rápida do que foi a do 4G. São mais de dez milhões de usuários fazendo o uso dessa conexão", ressalta. 

O coordenador ainda afirma que a implantação da rede é uma mudança significativa para o Brasil. "Num primeiro momento, a gente vê apenas a velocidade e capacidade de conexão maiores, mas para isso a gente precisa das aplicações", enfatiza. "O mais importante do 5G está no impacto que ele terá nas diversas atividades econômicas que o país executa", finaliza Oliveira.

O coordenador tirou algumas dúvidas sobre a implantação do 5G. Confira:

  • É necessário trocar de celular? 

Se o celular for um pouco mais antigo, será necessário trocar para que o novo tenha capacidade de conexão a essa rede. São mais de 120 modelos homologados pela Anatel que permitem. 

  • É preciso trocar de operadora?

Num primeiro momento, não. Se o cliente tiver um telefone compatível com a rede, passa a ser automático o acesso a ela. Esse modelo de negócios, todavia, não está totalmente definido pelas operadoras. 

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito