Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Um novo impasse no caminho das estradas da AMREC

Empresa vencedora da licitação para assumir manutenção de rodovias foi retirada do processo por desacordos com a proposta técnica
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma, SC, 02/12/2019 - 15:38Atualizado em 02/12/2019 - 15:55
Divulgação
Divulgação

Após ter sido selecionada como empresa responsável pela reparação de rodovias estaduais dos municípios da região carbonífera, via Projeto Recuperar, do Governo do Estado, a empresa Crema Engenharia não assumirá mais o contrato. A decisão foi oficializada em um edital cujo resultado havia sido divulgado na semana passada pelo contratante, o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da AMREC (CIM-AMREC) 

Segundo o diretor executivo da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC), Lei Alexandre, a decisão foi tomada pela comissão técnica de engenharia do CIM-AMREC, que não considerou apta a proposta técnica ofertada pela Crema. “A empresa havia sido habilitada na documentação, mas na hora de apresentar a proposta técnica ela acabou sendo inabilitada. Acredito que ela não tenha cumprido todas as exigências legais propostas”, comentou Lei. Apesar disso, o diretor observou que não deve-se levar muito tempo até que seja escolhida uma nova empresa responsável pela manutenção das rodovias, e que um novo edital deve ser lançado ainda nesta segunda-feira, 2. 

“Felizmente há essa burocracia para que seja escolhida a empresa, já que queremos entidades que estejam realmente interessadas no trabalho. Acredito que, definida a empresa ganhadora da licitação, é questão de dias até a assinatura do contrato e, se tudo der certo, é possível que ela passe a atuar ainda em janeiro de 2020”, ressaltou o diretor executivo, afirmando que, enquanto isso, o estado continuará realizando a manutenção dessas rodovias. 

Tags: amrec