Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Tigre reserva bate o Figueirense titular na Copa Santa Catarina

Marcão, Pedrinho e Eduardo Melo fizeram os gols do Criciúma; Paolo descontou para o Furacão
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Florianópolis, SC, 13/10/2021 - 21:59Atualizado em 14/10/2021 - 09:03
Marcão fez o primeiro gol do Tigre (Foto: Celso da Luz / Criciúma EC)
Marcão fez o primeiro gol do Tigre (Foto: Celso da Luz / Criciúma EC)

O Tigre venceu a segunda na Copa Santa Catarina nesta quarta-feira, 13. Com os reservas, bateu o Figueirense no Orlando Scarpelli por 3 x 1, gols marcados pelo centroavante Marcão aos 32 minutos da primeira etapa, Pedrinho aos 38 do segundo e Eduardo Melo, aos 51. Aos 41 da segunda etapa, Paolo descontou para o Figueira.

Com o resultado, o Tigre saltou da vice-lanterna para a terceira posição, deixando para trás Juventus, Avaí, Marcílio Dias e Caçador, que entram em campo pela quinta rodada no próximo final de semana. Já o Figueira estacionou nos sete pontos, na vice-lidernaça, mas pode cair quatro posições ao fim da rodada.

O Jogo

Comandado por Lalo e Aléssio Antunes, o Tigre entrou com uma equipe mesclada entre reservas e jogadores do sub-20. Guilherme, lateral-esquerdo, fez a estreia no futebol profissional, enquanto Roberto Volpato, Renan Areias, Maranhão e Marcão ganharam chances de mostrar o futebol ao técnico Cláudio Tencati, que permaneceu em Criciúma.

O Figueirense começou melhor e criou algumas situações de gol, mas esbarrou na falta de pontaria dos atacantes. A melhor chance do Figueira no primeiro tempo foi aos sete minutos. Em cruzamento pela esquerda, Roberto Volpato espalmou a bola para a entrada da área, Foguinho bateu de fora da área, Roberto espalmou e no rebote Andrew carimbou a trave.

O gol do Tigre veio com o camisa 9. Aos 32 minutos, Varolo cobrou falta da intermediária, o goleiro Rodolfo bateu roupa e Marcão pegou rebote de primeira e balançou a rede. O primeiro tempo encerrou 1 x 0 para o Tigre.

Segundo tempo

A partida continuou truncada na segunda etapa. Lalo promoveu a estreia de mais jovens da base: Lucas Alencar e Pedrinho. E teve gol nos primeiros toques na bola como jogador profissional.

Aos 39 minutos do segundo tempo, João Carlos atravessou o campo com a bola colada ao pé e rolou para Pedrinho. Sem goleiro, o jovem dominou com um pé e chutou com o outro, fazendo o segundo gol do Tigre.

Em grande jogada individual, Paolo, que também entrou no segundo tempo, mas no Figueirense, driblou Daniel e deslocou Roberto Volpato, que saiu do gol e não achou nada, para fazer o gol de desconto do Figueira. 2 x 1. 

No apagar das luzes, aos 51 minutos do segundo tempo, Daniel foi à linha de fundo e cruzou rasteiro, para Eduardo Melo, que entrou livre na segunda trave, fazer o terceiro do Tigre. 3 x 1, placar final. 

Ficha Técnica

Figueirense 1 x 3 Criciúma, válido pela quinta rodada da Copa Santa Catarina

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis

Arbitragem: Cinesio Mendes Júnior, auxiliado por Bruno Muller e Hector Andrew Lisboa Jacques.

Amarelos: Guilherme Teixeira, Foguinho e Andrew (Figueirense); Daniel e Jessé (Criciúma).

Gols: Marcão, Pedrinho e Eduardo Melo (Criciúma); Paolo (Figueirense).

Figueirense: Rodolfo Castro; Éverton Santos (Lucas Veber), Rayne, Guilherme Teixeira e Foguinho (Mirandinha); Vinícius Kiss, Oberdan e Garré (Gustavo Índio); Lucas Silva (Paolo), Andrew e Bruno Paraíba. Técnico: Jorginho. 

Criciúma: Roberto Volpato; Daniel, Jessé, Zé Marcos e Guilherme (; Léo Gonçalves, Rullian (Ítalo), Renan Areias, Varolo (João Carlos) e Maranhão (Pedrinho); Marcão (Eduardo Melo). Técnico: Lalo.