Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Tecnologia aliada à culinária

Alimentos no estilo a vácuo são mais econômicos
Sandy Brasil
Por Sandy Brasil Criciúma, SC, 26/09/2020 - 16:32
Foto: Luana Mazzuchello/4oito
Foto: Luana Mazzuchello/4oito

O chef Luiz Fernando Rovaris, o Frindo, trouxe inovação para a culinária neste tempo de pandemia. Inovar as entregas no estilo a vácuo é o processo mais econômico de preservação dos alimentos. "Com a pandemia pensei na técnica, eu já utilizava no meu restaurante Chers Amis. "É um produto de baixo custo, facilitando a comida diferente e saudável", salientou em entrevista ao Programa 60 Minutos da Rádio Som Maior.

A água aquecida vai para dentro do produto cozinhando e a comida a vácuo não perde os nutrientes. "Um produto a vácuo dura cerca de três meses sem perder seus nutrientes. O tempo para regenerar o produto é de 10 a 15 minutos", declarou.

O cardápio tem produtos variados, desde proteínas a molhos. "Todos os produtos vêm separados, quem monta o prato é o cliente. Todos têm o tempo exato e a tabela nutricional", contou.

Os valores da nova tecnologia são viáveis. "Uma refeição de R$22 a R$35 de 500 gramas", afirmou.   

O projeto do chef é atingir toda a região e municípios vizinhos." O público alvo é o consumidor final, restaurantes e hotéis da região. Depois pensar em expansão", revelou.