Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Serra do Rio do Rastro com tráfego liberado nesta sexta-feira

Secretário adjunto garantiu a liberação à deputada Geovânia de Sá
Por Émerson Justo Lauro Müller, SC, 07/02/2019 - 17:19Atualizado em 07/02/2019 - 18:34
Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna
Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna

A deputada federal Geovânia de Sá esteve na tarde desta quinta-feira (7) no Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), em Florianópolis, para cobrar uma posição e a liberação do tráfego da Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller.

Devido a problemas particulares do secretário de Infraestrutura e Planejamento de Santa Catarina, Carlos Hassler, quem atendeu a deputada foi o secretário adjunto, coronel Pedro Stonoga, que garantiu à Gêovania de Sá que o tráfego na Serra do Rio do Rastro será liberado até a tarde desta sexta-feira (8).

Divergência

O Governo do Estado enviou uma nota informando que os trabalhos emergenciais na via foram concluídos na tarde desta quinta-feira e que o trânsito esta liberado para veículos de passeio, ônibus e caminhões de um eixo com até seis toneladas. Porém, a Polícia Militar Rodoviária informou que não recebeu nenhuma informação e que o local segue interditado.

Confira a nota na íntegra:

O Governo do Estado de Santa Catarina informa que a força tarefa criada para a reabilitação da SC 390 Serra do Rio do Rastro concluiu na tarde desta quinta-feira (07) as obras emergenciais de melhorias na pista de rolamento antes do tempo previsto.

Desta forma, o trânsito está liberado para veículos de passeio, ônibus e caminhões de um eixo com até seis toneladas.

O monitoramento da Serra do Rio do Rastro permanecerá sendo realizado pela Defesa Civil de Santa Catarina e pela Polícia Militar Rodoviária, que também fará o controle dos veículos.

O Governo do Estado pede desculpas pelos transtornos causados pela interdição e destaca que todas as medidas adotadas foram para salvaguardar a vida de milhares de pessoas que aqui vivem e visitam Santa Catarina.