Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“O 11 de Setembro foi um grande golpe político”

Orgulho ferido, tragédia e milhares de mortes, o professor Tiago Coelho fala sobre os ataques terroristas que completam 16 anos hoje
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 11/09/2017 - 14:20Atualizado em 11/09/2017 - 14:21
(foto: Amanda Farias)
(foto: Amanda Farias)

11 de setembro é uma data que sempre será lembrada pelos ataques terroristas aos Estados Unidos em 2001. Mas outros fatos também marcam este dia no calendário gregoriano, para falar sobre o assunto, o Programa do Avesso, na Som Maior FM, recebeu o coordenador do curso de História da Unesc, Tiago Coelho.

“O atentado foi um acontecimento que já se falava que ficaria para a história antes mesmo dele acabar. A transmissão ao vivo por todo o mundo foi muito impactante”, lembrou.

Os ataques mataram quase três mil pessoas. Os norte-americanos ainda vivem com medo de ameaças do tipo, reforçando a segurança e a entrada de imigrantes no país. Porém, o evento acabou sendo utilizado para outros fins, como destacou Coelho.

“O 11 de Setembro foi uma grande tragédia, mas também foi um grande golpe político. Utilizado muitas vezes como fator para invadir outros países, incluindo o Iraque”. 

Embora tenha levado 10 anos para ser inaugurado, o Memorial e Museu Nacional do 11 de Setembro foi rapidamente planejado. O coordenador afirmou que o World Trade Center era um símbolo de orgulho dos estadunidenses.