Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Negociação com Sandro trava e zagueiro deve deixar o clube

Empresário do atleta quer salário padrão Série B; Léo Gamalho também deve sair e Julimar pode ser negociado
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 13/12/2019 - 12:22Atualizado em 13/12/2019 - 12:22
Permanência de Sandro era desejo da diretoria (Foto: Divulgação)
Permanência de Sandro era desejo da diretoria (Foto: Divulgação)

A prioridade até o momento no Tigre era pela renovação de contrato de Sandro, há duas temporadas no clube. Com salário de Série B, na volta dos R$ 40 mil, o empresário do zagueiro não aceitou baixar a pedida para o ano que vem. O orçamento do clube reduziu drasticamente para 2020, por conta da perda de verbas televisivas, principalmente.

A folha salarial vai ficar na volta dos R$ 350 mil por mês, com o teto salarial na faixa dos R$ 25 mil, segundo informações do repórter do Timaço da Som Maior, Marco Búrigo. Assim, a permanência de Sandro dificilmente acontecerá. O clube estuda recuar Liel para a zaga, mas irá atrás de zagueiros no mercado, além de subir Wellington ao time profissional. Até o fim da tarde desta sexta, o Tigre deve anunciar um reforço: pode ser a reposição para Sandro.

Léo Gamalho é outro que dificilmente permanecerá, também por conta da alta pedida salarial; Marlon também está praticamente descartado. A aposta do clube é na efetivação de Bruno Oliveira, que ganhou chances no fim da Série B deste ano, no setor. Na direita, Claudinho ainda é considerado inexperiente e o clube pretende contratar para a função. 

Julimar

Além de Léo Gamalho, o Tigre deve ter outra baixa para o ataque no ano que vem. Julimar, jovem que vem sendo constantemente convocado para a Seleção Brasileira de base, deve ser negociado com outra equipe do futebol brasileiro.

O Tigre pretende anunciar para a próxima temporada um lateral direito, zagueiro, volante, meia e atacante. A necessidade é de renovação do elenco para enquadrar-se na nova realidade financeira do clube. Da base, além de Wellington, Bruno Oliveira e Claudinho, estão confirmados no elenco profissional para o ano que vem Ícaro, Lukinha e Wagner.