Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Museu do Imigrante em Nova Veneza fechado para reforma do andar superior

Ação de restauração foi contemplada no prêmio Elisabeth Anderle, do Governo de Estado ainda no ano de 2019
Redação
Por Redação Nova Veneza, SC, 02/07/2020 - 21:13
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Durante os últimos dois anos o Museu do Imigrante Cônego Miguel Giacca, vem passando por mudanças, buscando melhorar suas atividades e projetos. A partir desta quinta-feira, 2, o equipamento turístico passará por reforma no andar superior, onde será instalada a Reserva Técnica do museu.

Essa ação de restauração foi contemplada no prêmio Elisabeth Anderle, do Governo de Estado ainda no ano de 2019. A Reserva Técnica é um espaço de guarda do acervo que, não está em exposição e, também, local para procedimentos técnicos como: a conservação e higienização de pequenos restauros.

“Conseguimos aprovar dois projetos no Prêmio Elisabete Anderle, ano passado, sendo o da Reserva Técnica e do Plano Museológico. A ideia da implantação da reserva técnica vem de encontro, de um dos objetivos de todos os museus que é preservar e salvaguardar os bens culturais. Este espaço contribuirá com a preservação do acervo do museu, sendo possível inclusive receber novas doações, pois conseguiremos organizar todo o espaço do museu.  Outra ação futura será instalar uma sala de estudos e de pesquisa. Já em relação ao plano museológico, este se configura como uma ação e uma ferramenta de gestão do museu, sendo obrigatória a sua criação e sua implantação, conforme o Estatuto de Museus. Este plano vai estar em consonância com a missão do museu, seu regimento interno e permitirá ações sólidas para serem desenvolvidas nos próximos dez anos”, revelou o museologo, Leonardo Hermes Lemos.

A secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, Susan Bortoluzzi Brogni destaca a importância dos prêmios para o município. “Ficamos muito felizes sermos contemplados com o prêmio. Isso contribui para que consigamos realizar tudo o que está no plano de governo da atual gestão, em que um dos pontos era contratar pessoal qualificado para o museu e melhorar nossos pontos culturais e turísticos. Mesmo sabendo da atual situação em que vivemos, continuamos trabalhando internamente, arrumando e organizando a casa. É um trabalho de bastidor, para que, em breve, o espetáculo seja mostrado. As ações específicas no nosso museu, desde o início desta gestão, confirmam como estamos comprometidos com o setor cultural”.

Melhorias

Em 2018, o museu foi regulamentado pela Lei 2.662/2018 e começou o processo de documentação de seu acervo. Em 2019, ocorreu a requalificação do espaço expositivo, passando por reforma no assoalho, construção de novos mobiliários expositivos, pintura e nova exposição. Para este ano o museu busca dar continuidade as suas atividades técnicas, como a implantação da reserva técnica (espaço de guarda dos objetos que não estão em exposição) e a criação do Plano Museológico. Ambas as ações serão realizadas graças ao Prêmio Elisabete Anderle (Edital Estadual de fomento à Cultura), no qual o museu foi contemplado no ano de 2019.