Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“Foi a pior partida sob o meu comando”, admite Argel

Técnico do Tigre disse que gol contra foi um erro “infantil e grotesco”
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 01/05/2018 - 18:30Atualizado em 01/05/2018 - 20:05
(foto: Caio Marcelo/ Criciúma EC)
(foto: Caio Marcelo/ Criciúma EC)

O Tigre teve um jogo infeliz contra o CSA (AL) na tarde deste domingo. A quarta partida da equipe carvoeira na Série B do Campeonato Brasileiro terminou em mais uma derrota, desta vez por 3 a 1. O jogo que aconteceu no Estádio Heriberto Hulse foi considerado difícil e ruim pelo técnico Argel Fucks.

“As explicações são muitas. Não fizemos uma boa partida, principalmente no primeiro tempo. Foram 18 passes errados no primeiro tempo. Parece que quando a equipe joga em casa sente uma pressão muito grande. Mas o jogador tem que entender isso. Voltamos no segundo e mudamos a forma de jogar. No segundo tempo tivemos um poder de reação maior, conseguimos rodar essa bola e agredir o adversário”, disse.

Argel falou ainda sobre o gol contra de Nino, que desestabilizou o time da casa. “Depois nós acabamos tomando um gol que tomamos. É inacreditável. A partir do momento que se toma aquele gol do jeito que se tomou não adianta ter posse de bola. Nós que criamos a possibilidade do CSA ganhar a partida. Nós tivemos um erro infantil, grotesco. Uma equipe como a nossa não pode cometer um erro daqueles. Aí já estava difícil e perdemos o Marlon. Para mim foi a pior partida sob o meu comando”, admitiu Argel.