Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Figueira é o grande campeão do Catarinense 2018

Jogo terminou em 2 a 0, com derrota da Chapecoense em casa
Por Redação Criciúma - SC, 08/04/2018 - 17:59Atualizado em 08/04/2018 - 18:27

A grande final do Campeonato Catarinense de 2018 aconteceu na tarde deste domingo e teve vitória do Figueirense. A partida aconteceu na Arena Condá, em Chapecó, e terminou em 2 para o Figueira e 0 para a Chapecoense.

O jogo foi difícil, com os dois clubes criando boas oportunidades. O Figueirense abriu o placar e dominou o primeiro tempo. Na segunda etapa o time da casa criou chances, mas foi o Figueira que marcou o segundo e garantiu a vitória. Este é o 18º título do Figueirense no Campeonato Catarinense.

Primeiro tempo

O primeiro tempo já começou bem disputado. O Figueira teve a primeira oportunidade, com um quase gol de Lazaroni logo nos primeiros minutos da partida. Mais tarde o time abriu o placar com golaço de Gustavo Ferrareis, que aproveitou a falha de Jandrei.

O visitante quase fez o segundo com André Luis, que teve boa oportunidade, mas cabeceou para fora, aos 19 minutos. Em seguida foi a vez da Chape criar boa chance, com Bruno Pacheco. O Figueira não ficou para trás e mais uma vez tentou o segundo da partida, com Jorge Henrique.

O time da casa quase igualou o placar aos 33 minutos, com tentativa de Guilherme. Apesar das tentativas da Chape, o Figueirense manteve-se na liderança na primeira etapa e no fim ficou no 1 a 0.

Segundo Tempo

A Chapecoense voltou melhor no segundo tempo. Aos 13 minutos Guilherme quase marcou o primeiro da Chape. Em seguida, aos 14, foi a vez de Wellington Paulista tentar igualar a partida.

O time da casa mais uma vez tentou, com Apodi, mas Denis defendeu para o Figueira. Aos 22 foi a vez de Arthur, que mandou a bola na trave. A próxima tentativa foi de Canteros, mas a bola bateu na trave.

Já no final do jogo o Figueirense conseguiu mais um, garantindo a liderança com gol de Maikon Leite aos 40 minutos. Fim de papo: Figueirense 2, Chapecoense 0.

Chapecoense

Jandrei; Eduardo (Apodi), Douglas, Rafael Thyere e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Luiz Antônio (Vinicius) e Canteros; Guilherme (Arthur) e Wellington Paulista.

Figueirense

Denis; Diego Renan, Nogueira, Eduardo Bauermann e Guilherme Lazaroni; Zé Antônio, Betinho (Pereira), Renan Mota (João Lucas) e Gustavo Ferrareis (Maikon Leite); Jorge Henrique e André Luis.