Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Escola em situação precária preocupa moradores no bairro Ceará

Criciumense fez uma queixa sobre as condições da construção, mas não teve resposta; o secretário de Educação se manifestou
Por Giovana Bordignon Criciúma, SC, 30/06/2022 - 17:40 Atualizado em 30/06/2022 - 18:07
Foto: Reprodução/ 4oito
Foto: Reprodução/ 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

A escola EMEIEF Professor Moacyr Jardim de Menezes, no bairro Ceará em Criciúma, foi desativada no início de 2022 e o prédio está em situação de abandono, segundo um morador dos arredores. Uma queixa foi formalizada por ele à ouvidoria da prefeitura desde 27 de maio, mas, até então, não houve movimentação por parte do poder público.

“Há pouco mais de um mês eu percebi que o portão estava arrombado, eu acionei a polícia, eles vieram até o colégio, me explicaram que não tinha nada irregular, mas perceberam água parada”, contou. O cidadão foi instruído pelos policiais a levar o caso a prefeitura municipal para que alguma providência fosse tomada. Pouco mais de um mês após a queixa, nenhuma fiscalização foi realizada no local.

“Eu liguei pra lá (nesta quarta-feira, 29) para ver se tinham feito alguma vistoria e, até a data de hoje, não teve nada. Questionei, pedi uma resposta, porque acho que um mês é tempo suficiente para dar uma resposta dentro daquilo que eu reclamei”, enfatizou. “E a prefeitura não fez nada até agora”, completou.

Para o morador, a escola está ainda pior. Os ares-condicionados foram furtados, portas arrombadas, vidros quebrados, o portão está aberto, dando acesso a qualquer pessoa, e há locais com água parada, propícios para a proliferação de mosquitos da dengue. “Na minha opinião, isso é um risco para o bairro, é prejudicial para todo mundo”, alertou.

Secretaria de Educação se manifesta sobre o assunto

Segundo o secretário de Educação, Miri Dagostim, já há um plano de recuperação para o espaço. Uma equipe esteve no local na semana passada e agora está sendo feito um termo de doação do local para a Afasc (Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma) para que seja feito um Jardim de Infância. “Já encaminhei à infraestrutura para fazer os reparos, acreditamos que em 30 dias o espaço será entregue”, explicou com exclusividade ao 4oito.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito