Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Em reunião, Salvaro comunica que seguirá determinação do Estado

Cidade segue com 11 casos confirmados
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 29/03/2020 - 19:05Atualizado em 29/03/2020 - 19:10

Em reunião na tarde deste domingo, 29, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, repassou a representantes da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), que seguirá a recomendação do Governo do Estado, assim reabrem bancos e lotéricas nesta segunda-feira, 30, mas o comércio, que retornaria na quarta-feira, 1º, seguirá fechado. “Foi feita uma avaliação e troca de informações pelo que foi definido pelo governador e o prefeito repassou que vai seguir o decreto. É o que se encaminhou”, destaca o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande.

Após a reunião, em entrevista a Adelor Lessa, Salvaro ressaltou que o Município cumpre à risca a determinação do Governo do Estado e que está notificando a todos que vai seguir o determinado. Inclusive, a prefeitura que reabriria nesta segunda-feira, também continuará fechada.

Casagrande relatou que o setor que segue trabalhando é a saúde que está à frente no enfrentamento ao coronavírus. “São diversas ações desenvolvidas. Saímos na frente com o Centro de Triagem e hoje já são dois , um no centro e outro no Boa Vista. Os demais órgãos abririam, mas não abrirão. 
Temos que permanecer nesta linha de isolamento. Temos esperança que não vai ficar sempre assim. Quando o Governo do Estado retornar, temos que estar prontos com orientações das regras a seguir. 
Estávamos preparando orientações de como proceder para não ter contaminação. Estamos preparados, mas seguindo os decretos do Estado, enfatiza.
 
Criciúma segue com 11 casos confirmados

Criciúma segue com 11 casos confirmados de coronavírus. Além disso, foram notificados em Criciúma 136 casos suspeitos, considerando os exames encaminhados ao laboratório de referência (Lacen/SC) e os realizados pela rede privada. 

O secretário de Saúde explica que a partir de agora os exames só são feitos para profissionais da saúde e os internados. “Então este indicador de suspeitos passa a não ter muito significado. Se tem a transmissão comunitária, o que vai começar a ter como parâmetro para os nossos indicadores são as internações com sintomas, pessoas que acompanhamos mais graves nos hospitais ou em domicílio”, relata.

Casagrande ainda cita a preocupação com o aumento do movimento. “Espero que os bancos tenham um controle, para evitar aglomeração. Esperar no lado de fora com a distância mínima, com um profissional na porta orientando. Vamos fiscalizar de perto. Percebo que tem aumentado o número de pessoas caminhando no parque, número elevado de carros, tem aumentado principalmente depois da fala do presidente. Vamos acompanhar nos próximos dias a preocupação maior é a partir do dia 5 de abril”, finaliza.

 

Fonte: Boletim Epidemiológico do Município de Criciúma


 

Tags: coronavírus