Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Em Praia Grande, Unesc encerra os lançamentos dos Planos de Desenvolvimento da Amesc

As 15 cidades do Extremo Sul receberam desde março a equipe técnica da Universidade e do Sebrae/SC para a discussão sobre o desenvolvimento regional
Por Redação Praia Grande, SC, 29/06/2022 - 09:42
Foto: Décio Batista/Agecom/Unesc
Foto: Décio Batista/Agecom/Unesc

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Na noite desta terça-feira (28), no auditório da Cooperativa de Eletricidade de Praia Grande (Ceprag), aconteceu o último lançamento do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico dos municípios da Amesc.  A cidade, com os seus 10 mil habitantes, foi sede do encerramento da primeira etapa do projeto de desenvolvimento que está sendo realizado pela Unesc, Sebrae/SC e Amesc.

Capital Catarinense dos Canyons, Praia Grande é a porta de entrada para os Aparados da Serra, faz divisa com o Estado do Rio Grande do Sul, pelos municípios de Mampituba e Cambará do Sul. Em solo catarinense faz limite com São João do Sul, Santa Rosa e Jacinto Machado.

A pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da Universidade, Gisele Coelho Lopes, comentou do privilégio de percorrer todos os municípios da Amesc. "Estamos tendo o privilégio de conhecer todos os cantos dessa região maravilhosa. O Plano nos oportuniza conhecer as especificidades de cada município e entender seus potenciais. Estamos em uma região localizada entre a serra e mar, com a BR-101 atravessando no meio de um grande potencial logístico e rico em recursos naturais. Nas 15 cidades que passamos, observamos a probabilidade do desenvolvimento de novas vertentes econômicas, então eu vejo essa região como um grande potencial. Eu já conhecia toda a Amesc, mas agora eu vejo o Extremo Sul catarinense com outro olhar, com motivação e otimismo para fazer com que este pedaço de Santa Catarina esteja no radar e na vitrine nacional e internacional. Mas para que tudo isto aconteça será necessária a mobilização das forças vivas desta comunidade.  O engajamento da Unesc é tirar todas as ideias do papel e torná-las realidade. A Universidade se sente acolhida por essa região e como comunitária temos este compromisso de transformar este território. Privilégio e gratidão pela oportunidade de estar aqui é esse o sentimento no final desta etapa", pontuou.

Com sua economia sustentada pela agricultura, através do cultivo de arroz e banana, hoje Praia Grande desponta como um promissor polo de turismo ecológico devido à sua posição geográfica. Agora, surgem novas oportunidades devido à criação do Geoparque que abrange Santa Catarina e o Rio Grande do Sul.

O integrante do Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico da Universidade, Douglas Leffa Pirola, explicou aos presentes no evento a metodologia a ser utilizada na confecção do Plano, através da consulta pública e, depois, pelo encontro virtual a ser realizado através do Google Meet no início do mês de julho.

Com a força e apoio da população, o prefeito Elisandro Pereira Machado, pretende construir um desenvolvimento equilibrado para os próximos 10 anos. "Ficamos muito felizes de estar com a Unesc e com o Sebrae participando do Plano de Desenvolvimento. A Universidade está presente aqui no nosso município. É gratificante trabalhar com este corpo técnico da Unesc muito bem preparado e que vem ajudando a desenvolver toda a nossa Região Sul e vai auxiliar na elaboração de um grande Plano para o nosso progresso nos próximos anos. Agradeço a magnífica reitora Luciane Bisognin Ceretta e também a pró-reitora Gisele Coelho, por estar colaborando e nos ajudando com esta ação", agradeceu.

O vice-presidente da Câmara de Vereadores, Loro Gomes, agradeceu a presença da Unesc e do Sebrae/SC e destacou a importância desta iniciativa que irá fazer bem para Praia Grande, bem como aos demais 14 municípios da Amesc. Parabéns a todos os envolvidos pela grandeza desse Plano. Ele chega em boa hora, nossa cidade está crescendo muito ao longo dos últimos anos e está se tornando uma potência turística. Temos que valorizar bastante a agricultura familiar, o comércio e as empresas. Hoje estamos com uma demanda de mais de 100 vagas de emprego. Precisamos capacitar nossas mãos de obra para prestar um melhor atendimento aos turistas. Quero dizer que nós da Câmara de Vereadores estamos à disposição para apoiar este grande projeto de desenvolvimento", comentou.

O presidente da Associação dos Municípios da Região do Extremo Sul Catarinense (Amesc) e prefeito de Timbé do Sul Roberto Biava, era só elogiou ao trabalho até aqui executado pela Universidade e Sebrae. "Agradecimento à Unesc e ao Sebrae por esse magnífico trabalho que estão realizando para toda região do Vale do Araranguá. Agora, cada um de nós vai saber do seu potencial. Praia Grande é um exemplo de turismo que nós temos que seguir. Grande parte das nossas cidades tem as encostas da Serra e isto tem que ser melhor aproveitado. O Extremo Sul era uma área que até pouco tempo atrás, a gente dizia que não existia no Estado de Santa Catarina. Acredito que a partir desse estudo, eu tenho certeza que qualquer que seja o governador do estado, vai dar uma olhada diferente para nós", ressaltou.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito