Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

É o momento certo para comprar um celular novo? Aparelhos tiveram aumento de 19%

Especialista em redes sociais, Ale Koga, falou sobre o assunto no quadro Café Digital no Ponto a Ponto
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 30/08/2020 - 10:46Atualizado em 30/08/2020 - 11:23
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Será que agora é o momento de comprar um celular e comprar um aparelho novo? Conforme estudos recentes de julho, foi constatado que oito dos 10 celulares mais vendidos tiveram um aumento de 19% no preço final dos aparelhos. Tudo isso são reflexos da pandemia do novo coronavírus, então a dica da especialista em redes sociais, Ale Koga, o ideal é esperar alguns meses até que a pandemia e os preços deem uma amenizada ou então desembolsar uma boa quantia de dinheiro e comprar um bom aparelho. 

"Infelizmente a gente está em um dos piores momentos para comprar celular, por conta da pandemia em geral. Muitos componentes do celular vem da China e como no início do ano muitas fábricas chinesas tiveram que parar, isso acabou afetando toda a cadeia produtiva e as fábricas brasileiras também foram impactadas", explicou Ale no quadro Café Digital no Programa Ponto a Ponto da Rádio Som Maior. 

De acordo com Ale, há dados do TechTudo que apontam um aumento no valor dos aparelhos. "Em julho, foi constatado que oito dos 10 celulares mais vendidos tiveram um aumento de 19%. Além do aumento do dólar e da pandemia, existe uma questão de que os celulares estão tão básicos que eles não fazem nem as coisas básicas", comentou.

Conforme a especialista, os celulares estão aparecendo com alguns bugs ou travando em algumas funções básicas. "O que está acontecendo é de que os celulares mais baratos estão com alguns probleminhas. Hoje infelizmente eles estão mais caros e não estão fazendo o trabalho que deveria ser feito. Os celulares mais baratos, que a gente chama de 'linha de entrada', não estão cumprindo o seu papel. Claro que a gente depende muito de perfil das pessoas. Se você usa para trabalho ou estudos, com menos de R$ 500 você não consegue comprar um aparelho. Mas para os meus pais, por exemplo, que só usam o WhatsApp, funciona esse mais barato", enfatizou. 

Com isso, a conclusão é aguardar a economia dar uma acalmada e os preços voltarem a baixar. "A conclusão é, não é o momento certo e hoje não temos bons aparelhos no mercado. Então eu sugiro esperar mais um pouquinho, ver os novos modelos que estão vindo e esperar agora o fim da pandemia para ver se eles vão dar uma baixada", finalizou.