Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Diretoria do Tigre quer prorrogar contrato com a G.A

Reunião ordinária ocorre na próxima terça-feira
Por Enio Biz Criciúma, SC, 29/04/2022 - 17:07
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

O presidente do Conselho Deliberativo do Criciúma, Guilherme de Souza Búrigo, convocou os membros do Conselho para uma reunião ordinária na próxima terça-feira (03). Dentre as ordens do dia, está um pedido da diretoria executiva do clube para prorrogar o contrato com a G.A. No entanto, o acordo já foi encerrado no dia 18 de março deste ano. Em entrevista ao programa Som Maior Esportes desta quinta-feira (28), na Rádio Som Maior, o presidente do Conselho Deliberativo esperou a volta do presidente, Anselmo Freitas, que estava de licença médica, para que ele pudesse explicar aos conselheiros o motivo da decisão.

"Essa reunião do dia 3 era pra acontecer até o final de abril, mas como estávamos na eminência de não sair o edital, o Conselho Deliberativo recebeu dois ofícios da diretoria executiva e, um deles, dizendo que queria tratar a prorrogação do contrato com a G.A. Como a licença médica do presidente Anselmo vai até segunda-feira, achamos por bem esperar para que ele explicasse para os conselheiros o que se trata esse pedido de prorrogação de contrato, uma vez que ele foi encerrado em 18 de março", explica ele.

Para Guilherme de Souza Búrigo, o contrato entre clube e G.A já foi encerrado e não há mais o que falar em prorrogação. "Por isso que é importante que o Anselmo explique qual é a intenção. Esse contrato não era nem para ter sido prorrogado até 18 de março quando foi feito aquele distrato parcial no dia 31 de dezembro de 2020. Naquela época já deveria ter encerrado tudo, mas algumas cláusulas foram distratadas e outras permaneceram daquele contrato de 2012. Por isso a necessidade de convocar todos os conselheiros para que decidam de forma colegiada", avalia.

O impasse ocorre principalmente por causa dos direitos econômicos de alguns atletas, como por exemplo, o zagueiro Nino, vendido pelo Criciúma ao Fluminense. "Acho que tem a ver com isso. Principalmente envolvendo o Nino, jogador de maior visibilidade, e que possivelmente poderia trazer recursos para o clube. Além dele, teriam outros quatro jogadores. E no dia 18 de março, quando encerrou o contrato com a G.A, eles solicitaram a transferência de direitos econômicos e federativos desses cinco atletas. O que foi negado. Não havia tempo hábil e nenhuma documentação", detalha o presidente do Conselho Deliberativo.

A reunião ordinária será na próxima terça-feira (03), nas dependências da Associação IMBRALIT, em Criciúma, às 19h30min em primeira convocação com a presença da maioria absoluta dos seus membros, ou em segunda convocação, 30 minutos depois, com qualquer número de Conselheiros presentes.

Confira o podcast da entrevista do presidente do Conselho Deliberativo do Criciúma E.C, Guilherme de Souza Búrigo:

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito