Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Criciúma terá software de transparência para gestão de convênios

Solução inovadora para o que antes era feito de forma manual e impressa, foi uma iniciativa do Governo Municipal, via Diretoria de Tecnologia e Inovação
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 10/12/2019 - 16:31
Foto: Divulgação / Prefeitura de Criciúma
Foto: Divulgação / Prefeitura de Criciúma

Foi buscando mais agilidade e transparência na gestão de convênios municipais que o Governo de Criciúma, via Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), decidiu implementar um novo software. A nova plataforma que estará disponível em 2020, contará com travas, bloqueios e facilitadores para que não ocorram erros. Além disso, ela poderá ser acessada online em qualquer local e a todo momento, assim solucionando, de forma inovadora, o que antes era feito manualmente e impresso.

"Hoje as entidades fazem um plano de trabalho, entregam na prefeitura, que faz toda a conferência, mas a população não sabe se de fato aquele dinheiro repassado é para aplicar naquele projeto. Com esse software, todos poderão acompanhar se isso de fato ocorreu", comentou o gerente de Convênios da Secretaria da Fazenda, Gabriel Colombo Moro.

Todas as informações estarão armazenadas em nuvem, garantindo também a segurança dos dados. Além disso, tudo o que for cadastrado dentro do sistema, estará disponível em tempo real no Portal Transparência, no site oficial da Prefeitura de Criciúma. "Uma das preocupações das entidades era a burocratização e a dificuldade no manuseio. Por isso, a gente buscou um sistema extremamente intuitivo, de fácil uso e acesso", garantiu o diretor da DTI, Tiago Pavan.

O projeto cumpre a Lei de número 13.019, de 31 de julho de 2014, que estabelece o regime jurídico das parcerias entre a administração pública e as organizações da sociedade civil, em regime de mútua cooperação, para a consecução de finalidades de interesse público e recíproco, mediante a execução de atividades ou de projetos previamente estabelecidos em planos de trabalho inseridos em termos de colaboração, em termos de fomento ou em acordos de cooperação; define diretrizes para a política de fomento, de colaboração e de cooperação com organizações da sociedade civil.

A empresa vencedora da licitação foi a CTL Software, de Concórdia. Após o certame licitatório, foi aplicada uma prova de conceito, em que ficaram comprovadas todas as competências e requisitos da CTL. O contrato foi assinado na noite de segunda-feira (9), no Salão Ouro Negro, no Paço Municipal Marcos Rovaris e nos próximos dias, será dado início ao cronograma de capacitação de treinamento nas entidades.