Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Criciúma desiste de Roberto Cavalo

Treinador chegou a ser dado como certo, mas fonte próxima do profissional garantiu que ele está fora dos planos
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 07/12/2018 - 07:30
Nome de Milton Cruz, ex-Figueirense, surgiu nos bastidores; ele nega investidas do Tigre/Foto: Ulisses Job/Criciúma E.C.
Nome de Milton Cruz, ex-Figueirense, surgiu nos bastidores; ele nega investidas do Tigre/Foto: Ulisses Job/Criciúma E.C.

Depois de fortes especulações, Roberto Cavalo não será técnico do Criciúma. Apesar do nome do treinador ter sido anunciado como certo no clube, nos últimos dias as negociações esfriaram e o técnico agora é carta fora do baralho. A informação não foi confirmada por pessoas ligadas ao Tigre, mas uma fonte próxima do profissional garantiu a não continuidade das negociações.

Depois da saída um pouco conturbada do Mazola Júnior – que já acertou com a Ponte Preta -após o fim da Série B, com direito a acusações do ex-Tigre direcionadas ao presidente Jaime Dal Farra, Cavalo passou a ser a ficha número um para assumir o Criciúma, no nome mais especulado. Ele chegou a ligar para pessoas próximas falando sobre o acerto com o Tricolor e pedindo por apoio, mas o Tigre não anunciou o técnico para comandar a equipe.

Acontece que a repercussão da chegada de Cavalo no clube não repercutiu muito bem entre torcedores. Houve até um início de protesto na torcida para cancelamento de carteirinhas de sócios caso cavalo assumisse. A manifestação pode ter freado as tratativas entre as partes e o treinador deixado de lado.

Ontem à noite, uma nova especulação surgiu. A informação do nome de Milton Cruz, ex-técnico do Figueirense e atualmente sem clube, passou a circular como uma das tentativas do Criciúma. Só que o treinador garante que não passa de rumores. “Não. Tive algumas sondagens, mas não do Criciúma. Eu estou no Rio de Janeiro, no curso de técnicos da CBF. Tenho projetos para voltar a trabalhar a partir do ano que vem, mas até o momento não acertei com ninguém”, disse.

Ricardo Rocha apresentado

Se Cavalo não virá para Criciúma, a outra “contratação” do Tigre será apresentada amanhã. Trata-se de Ricardo Rocha, o ex-diretor de futebol do São Paulo deixou o clube paulista na última segunda-feira para se dedicar a sua empresa de assessoria esportiva. Ele acertou com o Criciúma para prestar serviços ao clube ajudando o diretor executivo de futebol do Criciúma, Nei Pandolfo, com contratações.

Ontem a assessoria de imprensa do Tigre confirmou que Rocha será apresentado às 10h de hoje, na Sala de Imprensa Clésio Búrigo. A principal expectativa além da apresentação do assessor de futebol é que saia o nome do novo técnico. O não acerto com Roberto Cavalo também pode ter passado pela figura do Rocha.

Com forte relações e grandes relações no futebol, novo assessor do Tigre, a partir do que disse o próprio presidente Jaime Dal Farra, seria um dos responsáveis, ao lado de Nei Pandolfo pela contratação da comissão técnica para 2019. Até mesmo o diretor executivo de futebol do Criciúma alegou que estavam buscando diferentes opções de treinadores no mercado para fechar com um nome. Ao que tudo indica, Cavalo não foi consenso como a melhor opção.

Entrevista ao SporTV

Antes de embarcar para Criciúma, Ricardo Rocha concedeu uma entrevista ao programa Seleção SporTV, do canal fechado. O assessor de futebol deixou claro que a sua saída do São Paulo não teria nenhuma relação direta com o acerto com o Criciúma.

“Eu tenho uma empresa de assessoria. Eu estou indo viajar hoje à Criciúma. Vou fazer uma assessoria ao presidente e ao clube, vou conversar com ele. Falaram que eu larguei o Vasco e o São Paulo para ir para o Criciúma. Não tem nada ver. Eu estou fazendo uma assessoria ao presidente como eu tenho conversado com outras empresas e clubes. E vou ajudar no que for possível”, destacou ao Seleção SporTV.