Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

“Criciúma brigou tanto pelo Saer e pode perdê-lo na próxima semana”

Segundo César Smielevski, presidente da Acic, a aeronave é alugada e contrato vence no próximo dia 15
Clara Floriano
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 08/09/2017 - 08:39Atualizado em 08/09/2017 - 08:42

"Criciúma brigou tanto para ter o helicóptero do Saer para o enfrentamento à bandidagem e pode perdê-lo na próxima semana. Porque a aeronave é alugada, o contrato vai vencer no dia 15 e o governo do estado não vai renovar", explicou o presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), César Smielevski, na manhã desta sexta-feira (5).

O serviço foi inaugurado na cidade em novembro de 2016 e será encerrado antes de completar um ano. “O governo vai fazer outra licitação que vai demorar muito tempo. É uma grande perda de tempo”, explicou.

Smielevski conta que os presidentes de Associações Empresariais da região, foram informados informalmente que o serviço será finalizado. “Eu estou sentindo que os presidentes estão muito juntos. Se houver necessidade vamos alugar um ônibus e vamos à Florianópolis brigar por esse recurso”, contou.