Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Coronavírus: casos em Criciúma sobem para sete

Serão pelo menos mais 15 dias de isolamento, diz diretor da Unimed.
Por Guilherme Nuernberg Criciúma - SC, 21/03/2020 - 11:08Atualizado em 21/03/2020 - 14:23
Foto: Arquivo/4oito
Foto: Arquivo/4oito

Aumentou para sete o número de pessoas confirmadas com o novo coronavírus em Criciúma. A informação foi dada pelo diretor da Unimed, Leandro Avany Nunes, em entrevista a Rádio Som Maior na manhã deste sábado, 21. Destes casos, apenas um está internado, na UTI. "Tem outros quatro casos internados que ainda não estão confirmados, mas provavelmente virá positivo", adiantou o diretor.

O médico avaliou que o período crítico será no final da próxima semana, em que vai aumentar muito o número de casos na região. "Não vai voltar ninguém nos próximos 15 dias. Se houver um retorno da população, nos vamos perder o controle da situação", explicou. "São pelo menos mais 15 dias de isolamento a partir de hoje", emendou.

Ainda de acordo com o diretor da Unimed, a região não chegou perto do pico de casos ainda. "Se o retorno for precoce, teremos grandes problemas. O poder público irá prorrogar o decreto", disse o médico.

Para explicar a importância do isolamento, ele citou o número importante. "Sempre lembrando que 80% das pessoas se contaminam com o vírus, mas não desenvolvem nenhum sintoma. Então, provavelmente perto de nos tem pessoas contaminadas que não possui sintomas", concluiu.