Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Cooperaliança: primeira quinzena de 2020 registra demanda máxima no fornecimento de energia

A situação se deu por conta da população nos balneários e também o retorno das indústrias após o fim de ano
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 18/01/2020 - 20:04
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Subestação Rincão – Cooperaliança registrou nesta primeira quinzena do ano a maior demanda de potência dos últimos anos. Os números, principalmente no dia 6 de janeiro, chegaram em 25,3MW sendo que o limite é 26MW.

Segundo o engenheiro eletricista da Aliança, Edmilson Maragno, o aumento foi ocasionado por diversos motivos, que somados acarretaram na grande utilização da demanda. “Tivemos o retorno das indústrias e o calor excessivo fez com que elevasse o uso de equipamentos como ar-condicionado. Da mesma forma, o aumento da população nas áreas litorâneas colaborou para os números”, ressaltou.

Outra situação foi o retorno da carga remanejada entre as subestações Rincão e Içara. “Em épocas como de festividades de fim de ano, as unidades da SE Içara diminuem significativamente o consumo e conseguimos efetuar a transferência de cargas para não sobrecarregar apenas uma neste período. Após isso voltamos a configuração anterior, onde o abastecimento da região litorânea se concentra na SE Rincão”, pontuou Margano. 

Ampliação SE Rincão

Até o fim de 2020 a Subestação dobrará sua capacidade de carga instalada. Um novo transformador, que já foi adquirido, será entregue até meados do ano e aumentará a carga total de 26MVA para 52MVA. “Nosso maior objetivo quando assumimos era este. A qualidade da energia e a excelência na distribuição é pilar principal e sabemos que, com o crescimento das unidades consumidoras, seria necessário a obra”, frisou o presidente da concessionária, Reginaldo de Jesus (Dedê). Ele ainda relatou que com potência dobrada, novas empresas poderão ser instaladas na concessão com segurança e qualidade no fornecimento pelos próximos dez anos.

Festividades sem nenhum problema na rede

Durante as festas de fim de ano nenhuma falha na rede foi registrada. “Prezamos para que transtornos não atrapalhassem as comemorações dos nossos quase 40 mil consumidores e obtivemos sucesso. Não foi constatado, em nenhum dos municípios de abrangência, problemas nos transformadores ou casos gerais. Nossa equipe estava em plantão especial para evitar falhas e apenas casos pontuais aconteceram”, finalizou o Dedê.