Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Com a Amrec no gravíssimo, o que pode e o que muda nas regras

Capacidade de público foi reduzida em locais como igrejas e academias
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC , 25/11/2020 - 09:54Atualizado em 25/11/2020 - 17:54
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

A Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) voltou para o risco gravíssimo (classificado como cor vermelha), na atualização do mapa de risco potencial de Covid-19 realizado pelo Governo do Estado nesta quarta-feira, 25. Com isso, algumas atividades sofrerão restrições de acesso, público e funcionamento na região.

O acesso do público à competições esportivas público ou privadas continua proibida em todos os riscos potenciais de Covid-19, em Santa Catarina. Assim como no grave, o funcionamento de cinemas, teatros, casas noturnas, boates e casas de shows também está proibido no gravíssimo.

Os eventos sociais em cobrança de ingressos, como casamentos, aniversários e formaturas, os quais estavam liberados com limite de 30% do espaço nas regiões de risco grave, estão agora proibidas na Amrec, que se encontra no vermelho. O mesmo vale para congressos, palestras, seminários, feiras e exposições, que agora também estão proibidas.

A concentração e permanência de pessoas em espaços públicos, como parques, praças e praias, também está proibida. Apesar de não parecer, justamente pela grande aglomeração de pessoas em praias e parques nas últimas semanas, tais medidas também já eram aplicadas nas regiões de risco grave. Dessa forma, esses locais só podem ser utilizados para a prática de esportes e exercícios, e não para permanência.

Bares e restaurantes continuam aptos para funcionar em atendimento presencial, com distanciamento de mesas, uso de máscara e álcool em gel obrigatórios e controle de público e funcionamento até as 23h, podendo o cliente permanecer até 24h. Shoppings, galerias e centros comerciais também continuarão abertos, com o mesmo devido controle de público, restrito à 50%. O transporte coletivo intermunicipal segue funcionando com 50% de capacidade, assim como os ônibus urbanos, no caso de Criciúma, que também terá limite de 50%. 

As grandes mudanças são referentes às aulas e, também, a provação de roupas em lojas. De acordo com a determinação da Justiça de Santa Catarina, dada na última segunda-feira, as escolas da Amrec poderão trabalhar com o reforço pedagógico, mas não com aulas em si. Já em relação às lojas de roupas, os provadores estão liberados também no risco gravíssimo, mas com as medidas de higienização das roupas e do local após o uso.

De acordo com a última tabela de regramento das medidas, divulgada pela Amrec em 12 de novembro, serviços relacionados à prática de exercícios, como academias de ginástica e musculação, natação e centros de dança terão seu atendimento reduzido para 30% da capacidade total. O mesmo vale para as igrejas, hotéis e pousadas. 

Tags: coronavírus