Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Barbara Barbosa relembra a tragédia na boate Kiss

Jornalista estudava em Santa Maria e por pouco não foi para a casa noturna naquela noite
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 26/01/2018 - 19:39
Jornalista Barbara Barbosa (foto: Erik Behenck)
Jornalista Barbara Barbosa (foto: Erik Behenck)

Neste sábado, dia 27 de janeiro, o incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS) completa cinco anos. A jornalista do Jornal A Tribuna, Barbara Barbosa na época era estudante e morava na cidade, e por pouco não foi para casa noturna naquela noite. Recentemente, ela voltou a Santa Maria para uma formatura.

“A Kiss era um lugar bom de ir na quinta-feira. Como toda quinta-feira, a gente tava lá, eu fui naquela quinta-feira, com minhas amigas. O clima não tava legal, eu comentei que voltaria na outra semana. Depois não voltei devido a uma gripe”, lembrou Barbara.

A jornalista perdeu seis amigas na tragédia. Para ela, a cidade ficou marcada pelo acontecimento, que é lembrado em todos os lugares. O local onde funcionava a Kiss continua fechado. Ela disse que quando soube da notícia, não imaginava a proporção, foram mais de 240 mortos.

“De madrugada umas 4h, eu fiquei sabendo. Começaram me perguntar se eu tinha ido. Na hora que recebi a ligação eram 50 mortos, já era uma tragédia. Às 6h eu liguei para o meu pai avisando que não tinha ido”, contou.

A edição do fim de semana, do A Tribuna, contará com uma reportagem especial, com relatos e histórias, vividas por Barbara, naquele 27 de janeiro de 2013.