Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Auxiliar Juninho reclama da arbitragem e vê evolução no Criciúma

Equipe empatou por 1 a 1 contra o Figueirense jogando em casa neste sábado
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 27/07/2019 - 13:31Atualizado em 27/07/2019 - 13:35
(foto: Jota Eder)
(foto: Jota Eder)

O Criciúma não conseguiu vencer o Figueirense neste sábado (27) e segundo Juninho, que esteve a frente da equipe no clássico, a arbitragem contribuiu para o tricolor não vencer a partida. Reclamou de um pênalti quando ainda estava 0 a 0 e acredita que o Tigre jogou melhor do que o adversário.

“Nos dois jogos que a gente fez fora, conseguimos melhorar muito hoje, no número de chutes a gol, roubadas de bola e chegadas na linha de fundo. Quem propôs o jogo foi nós, o Figueirense entrou para contra-atacar. Como saímos atrás, tivemos que ir buscar”, comentou Juninho durante a entrevista coletiva.

Foto: Jota Eder


Disse que o atleta Foguinho, recém contratado junto ao Caxias, não entrou em campo porque havia treinado somente uma vez com o grupo. Para ele, o Figueirense conseguiu achar um gol, a partir disso os erros acabam sendo maiores, já que o time fica desesperado para empatar o duelo.

“A gente está mais perto da zona da degola do que lá de cima. A gente queria uma vitória hoje para subir um pouco. Esse empate não estava na nossa programação”, comentou Juninho. Segundo ele, é necessário assimilar a derrota, para que o Criciúma consiga sair desta situação e volte a ter bons resultados.

Foto: Caio Marcelo/Criciúma EC