Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Apresentador da Espn conta como é narrar jogos virtuais

Petar Neto é especialista em games e no Do Avesso revelou que a liberdade é fundamental nesta área
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 30/04/2018 - 14:58Atualizado em 30/04/2018 - 17:00

Os games movimentam bilhões por ano e o Brasil é o 13º país neste ranking. O Programa do Avesso, da Rádio Som Maior, entrevistou o apresentador e narrador de jogos virtuais Petar Neto. Segundo ele, a paixão é antiga, desde os primórdios dessa tecnologia. A estreia na Espn aconteceu no fim de 2017.

"Em 2014 eu comecei a ficar cansado da minha profissão, era gerente de TI. Paralelo a isso comecei a ser influenciador, comecei narrar campeonatos amadores”, lembrou o apresentador.  Ele também é youtuber.

Na televisão Petar narra campeonatos de diversos games, além de apresentar programas. Ele comentou a diferença das narrações, e se comparou a Rômulo Mendonça e Everaldo Marques. "Quando cheguei na Espn tive muita abertura. Eu posso fazer piadas, nós somos livres. O público fica mais à vontade".

Mesmo que goste de videogames, trabalhando com isso na televisão a responsabilidade se torna maior. "Passa a ser muito mais do que jogar duas horinhas cada jogo. Existe uma gama de mais ou menos uns dez jogos que preciso estar jogando", contou Petar.

Confirma o Programa do Avesso completo: 

Confira a entrevista com Petar Neto: