Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Antídio Lunelli diz que fica no MDB e confirma pré-candidatura a governador de SC

Prévias do partido estão marcadas para ocorrer em 15 de agosto
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Jaraguá do Sul - SC, 25/05/2021 - 10:22Atualizado em 25/05/2021 - 10:32
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, é um dos pré-candidatos a governador de Santa Catarina pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB) para as eleições de 2022. Em entrevista à Rádio Som Maior na manhã desta terça-feira, 25, o político reforçou a sua permanência no partido, ainda que as prévias da sigla não ocorram em 15 de agosto, e o desejo de se lançar ao Governo do Estado.

“Eu continuo no MDB, sou um soldado do partido, e não mudaria porque entendo que talvez isso possa parecer oportunismo, apesar de acreditar que o MDB precisa de renovação”, comentou Antídio. “Continuo no partido mesmo que as convenções sejam adiadas para o próximo ano, sem problemas. Meu nome está à disposição do MDB para tentarmos fazer mais e melhor, para fazer gestão”, completou.

Antídio promete levar para as prévias princípios básicos de candidatura, como o resgate de valores e uma administração pública baseada em resultados. O emedebista ressalta ainda sua insatisfação com o setor público, afirmando que este é extremamente burocrático, a ponto de dificultar a vida de quem quer empreender.

“Temos uma carga muito pesada sob nossos ombros. Precisamos renovar e atualizar nossa política, o setor público brasileiro e o catarinense para a realidade em que vivemos. É isso que nos propomos a fazer”, pontuou o prefeito.

Apesar de confirmar sua permanência no MDB, Antídio confessa que recebeu convites para migrar a outros partidos. O prefeito de Jaraguá do Sul afirma que é um soldado leal do MDB, e por isso continuará na sigla.