Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

A partir de domingo, pedágio da BR-101 em SC terá aumento de 11%

Mesmo após decisão do TCU de barrar o aumento do valor para R$ 3,90, a ANTT reajustou o valor e agora será de R$ 3,00
Vitor Netto
Por Vitor Netto Florianópolis - SC, 08/08/2020 - 13:52Atualizado em 08/08/2020 - 13:53
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Mesmo após o Tribunal de Contas da União (TCU) barrar o aumento do preço do pedágio no trecho norte da BR-101 em Santa Catarina, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) fará um aumento de 11% no valor do preço do pedágio no trecho, que corresponde entre Palhoça, na Grande Florianpolis, até Curitiba, no Paraná. Com esse aumento, o valor atual de R$ 2,70 passa para R$ 3,00. 

O anúncio foi feito pela ANTT no fim da tarde de sexta-feira, 7. A Arteris Litoral Sul, concessionária do trecho, informou na manhã deste sábado, 8, que recebeu a determinação da Agência e que o novo valor começará a valer a partir da 0h deste domingo, 9.

Veja também - Ministro alerta para riscos de não reajustar pedágio

Relembre o caso

Na terça-feira, 4, a ANTT havia autorizado um reajuste de 44,4% no valor do pedágio no trecho norte da BR-101, que passaria a valer a partir deste sábado, 8. Segundo a ANTT, o novo reajuste considerava a correção frente à inflação (4,19%), tendo como base o IPCA. O valor inicial era para chegar a R$ 3,90. 

Já na quarta-feira, 5, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a suspensão do termo aditivo no contrato das obras do Contorno Viário e também barrou o aumento no preço do pedágio. A suspensão foi determinada em decisão cautelar do ministro Raimundo Carreiro. Na decisão, o TCU apontou "indícios de irregularidades" na alteração contratual entre a ANTT e a concessionária Arteris e identificou um sobrepreço de R$ 203 milhões no aditivo.

Na noite desta sexta, a ANTT informou que suspendeu parcialmente os efeitos da revisão contratual com a Arteris Litoral Sul.

Fonte: NSC Total

Tags: pedágio br-101