Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“A gente ainda vive a realidade de um país racista”

Mulheres negras continuam sofrendo preconceito e buscam igualdade
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 19/03/2018 - 17:44Atualizado em 19/03/2018 - 17:50
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

A sociedade brasileira continua preconceituosa, afirma a autora do blog “Vou de Preta" e membro da Comissão Viva União Operária, Dainara Idalino dos Passos. Ela participou do Ponto a Ponto, seguindo com o “Projeto Elas”, da Som Maior e do 4oito, destacando a realidade vivida por mulheres negras.

“A gente ainda vive a realidade de um país racista. Não tem como deixar passar o que aconteceu com a vereadora na semana passada, naquele dia toda mulher negra ficou embaçada e perdeu a fala”, destacou Dainara, lembrando do caso acontecido no Rio de Janeiro.

Destacou que muitas vezes, mesmo que os negros estejam em cargos de chefia, são confundidos de função, lembrou também que são exceções os que atingem altos cargos. “A gente ouve em casa, do pai, da mãe, dos avós, que sempre precisamos fazer três vezes mais para provar”.

Segundo Dainara, movimentos que participa buscam diminuir a desigualdade e não se tornar superior a ninguém. “Queremos viver em uma sociedade que o indivíduo seja respeitado pelo que ele é. A gente não quer diminuir ninguém, nem sobrepor, queremos igualdade”, afirmou.