Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Desfile cívico-militar de Criciúma encerra Semana da Pátria

Aproximadamente 5 mil pessoas acompanharam o evento. Neste ano, foi realizado pela primeira vez na Rua da Gente
Por Redação Criciúma, SC, 07/09/2019 - 17:06Atualizado em 07/09/2019 - 18:38
Divulgação
Divulgação

Em alusão aos 197 anos da Independência do Brasil, foi realizado o desfile-cívico militar em Criciúma. O evento ocorreu primeira vez na rua José Henrique Mezzari, a Rua da Gente, e reuniu 51 instituições que percorreram os 500 metros da via. O desfile deste sábado, 7, encerrou as atividades da Semana da Pátria no município. O tema desta edição foi ‘Amar a Família, Honrar a Pátria e Respeitar o Próximo’. Conforme estimativas da Polícia Militar, aproximadamente 5 mil pessoas acompanharam o desfile.

Com início às 8h, o evento teve quatro horas de duração. O veterano Modesto Piazza, de 97 anos, abriu o desfile junto com 28º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) Severiano Martins da Fonseca. Piazza foi do contingente da infantaria do Exército Brasileiro e um dos soldados que monitorou a costa brasileira durante a Segunda Guerra Mundial, sendo mais atuante em Imbituba. “Fui convocado pelo exército aos 20 anos. Fiquei 30 dias em Laguna, dormindo no chão. Me mantive em Imbituba durante dois anos e quatro meses, era um ponto estratégico para proteger o carvão dos alemães”, relembrou o veterano.

Cerca de 14 escolas da rede municipal de ensino participaram do evento. Segundo a secretária municipal de Educação, Roseli De Lucca, o desfile é um momento inesquecível para todos, principalmente, aos pais e alunos. “Hoje é o grande dia do principal desfile da Semana da Pátria. Começamos a implantar as fanfarras nas escolas, entre 2009 e 2012, para que pudéssemos reviver o 7 de setembro e o amor à pátria”, salientou. Em relação a mudança do evento para a Rua da Gente, Roseli elogiou o local. “A rua foi projetada para eventos, a estrutura é ótima e possui arquibancadas”, completou a secretária.

“Entre as datas comemorativas que temos, o dia que comemoramos 197 anos da Independência do Brasil é o mais importante. Somos um país que temos dificuldades, mas sobretudo um país da liberdade. Claro que pedimos sempre a tolerância, os extremos não é bom para ninguém. O diálogo, o respeito, as ideias e as opiniões são o melhor caminho”, frisou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.