Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Vizinhos tentaram salvar família de incêndio

Moradores do bairro Capoeiras tentaram derrubar o muro da casa; pai e dois filhos de sete anos morrerem
NSC Total Florianópolis, SC, 12/01/2022 - 14:47 Atualizado em 12/01/2022 - 14:49
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

De início, Igor da Silva, 25 anos, pensou que o barulho que escutou vindo da rua fosse de uma discussão entre familiares. Mesmo assim foi verificar a origem da gritaria. Foi naquele momento que ele se deparou com fogo consumindo a casa vizinha. A mãe dele ligou para os bombeiros às 20h de terça-feira, 11. 

Antes mesmo que os três caminhões dos socorristas chegassem à Rua Irmã Bonavita, em Capoeiras, em Florianópolis, as chamas já tinham invadido todos os cômodos do imóvel de madeira. Três pessoas morreram. O pai de 56 anos e dois filhos de sete. O relato é de que o incêndio não demorou muito para destruir tudo. "Em menos de 15 minutos a casa foi embora. Foi tudo muito rápido", conta Igor.

Quando viram o fogo, os moradores da rua tentaram derrubar o portão de ferro. Cinco homens se debruçaram sobre a estrutura, que mesmo assim não cedeu. Pulando o muro, o grupo conseguiu resgatar um dos cachorros da família. O pitbull Eros, que ficava sempre preso na parte externa da casa, próximo da estrutura metálica, foi levado em meio ao incêndio para a casa de um vizinho.

O trabalho dos bombeiros seguiu durante a noite. Primeiro de combate ao incêndio e após o rescaldo para evitar novos focos. Das janelas, os vizinhos torciam para que a família que ali morava tivesse saído antes do incêndio. A rua larga foi tomada por uma multidão que também se juntou na torcida por um resgate. 

Com o avanço da noite, os socorristas tiveram que usar lanternas para continuar os trabalhos. Foi neste momento que encontraram os corpos dos familiares. Os três estavam no que era a cozinha da casa de cinco cômodos. A Polícia Científica, antigo Instituto Geral de Perícias (IGP), foi acionada para a remoção dos corpos.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito