Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Proprietário da Eskimó se apresenta ao Gaeco

Além de empresário, outros dois presos estiveram no local para prestar depoimentos
Por Redação Criciúma - SC, 16/02/2018 - 10:31Atualizado em 16/02/2018 - 13:42
(foto: Jotha Del Fabro)
(foto: Jotha Del Fabro)

Por volta das 9h15 da manhã de hoje três presos na “Operação Polo Norte” chegaram ao Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) para prestar novos depoimentos. Os trabalhos seguem ao longo da tarde.

Um dos presos é de Blumenau e os outros dois de Içara, sendo um deles o empresário e proprietário da Sorvetes Eskimó, Pedro Reis. Pouco depois de chegar, por volta das 9h30, Reis saiu acompanhado de seu advogado e de um policial em busca de documentos a pedido promotoria.

A operação

A Operação Polo Norte, deflagrada na manhã de ontem pelo Gaeco, tem por objetivo desarticular um grupo de empresários do ramo de sorvetes, que sonegavam impostos, podendo superar os R$ 50 milhões. Seis mandados de busca e apreensão e quatro de prisão foram cumpridos em Içara, Blumenau e Criciúma. Ontem, em entrevista ao Ponto final, a promotora Vera Bedinoto explicou a operação.