Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Corpo de mulher foi jogado em rio amarrado a pedra, confessa namorado

Bombeiros de Piratuba fazem buscas pelo corpo no lago de uma usina hidrelétrica no interior de Alto Bela Vista, no Oeste catarinense
ND Mais Alto Bela Vista, SC, 08/12/2021 - 15:01
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

O namorado de Roseli Fátima Stoll, de 38 anos, confessou à polícia que matou a mulher asfixiada com uma cinta e jogou o corpo amarrado a uma pedra no meio do lago de uma usina hidrelétrica, no interior de Alto Bela Vista, no Oeste de Santa Catarina.

Quatro bombeiros militares da corporação de Piratuba, incluindo dois mergulhadores, iniciaram as buscas no rio Uruguai, nesta quarta-feira (8), a cerca de 10 km de distância do Centro de Alto Bela Vista, na comunidade de Entre Rios. Um bote inflável e o Grupamento Voluntário de Busca e Resgate com Cães ajudam na varredura no local, às margens da SC-469.

A confissão do crime à polícia ocorreu após a prisão do suspeito de 34 anos, por volta das 22h de terça-feira, 7, em Antônio Prado (RS), a cerca de 270 km de Alto Bela Vista. O homem fugia em um Renault/Logan e tentou escapar de uma abordagem da Brigada Militar do Rio Grande do Sul na rodovia RS-122, mas mesmo assim acabou preso.

“Após cerca de 18 km de acompanhamento, conseguimos a abordagem do suspeito. Iniciamos os questionamentos, com base nas informações já repassadas, e notamos um nervosismo ao ser questionado sobre o paradeiro de sua ex-companheira”, explicou o 36º Batalhão de Polícia Militar em nota.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito