Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Caderninho suíço

Por Raul Sartori 10/01/2019 - 06:00

Os suíços (todos boa gente) que administram a concessão do novo aeroporto (em obras) Hercílio Luz, de Florianópolis, anotaram em seus caderninhos a sentida e repercussiva reclamação do agora primeiro-filho da República, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), que sentiu-se desconfortável no tempo que permaneceu no lotado terminal  aéreo, no último final de semana. É bem possível que vão enviar para ele uma cartinha muito gentil não só pedindo desculpas pelo transtorno, como também prometendo que no futuro não sentirá saudades dos momentos que vivenciou no local.

Ousadia

Um homem detido por tráfego de drogas em Criciúma chamou a atenção pela ousadia e petulância. Entre dedos de sua mão tatuou a frase “PM bom é PM morto”. Em tempo: ele continua vivo.