Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Coluna Pinduka

Lembrando o João Pieri

Por Pinduka 07/02/2019 - 06:00Atualizado em 07/02/2019 - 23:21

Lá se vão 23 anos

* 01/10/1925 em Anitápolis-SC
+ 15/01/1996 em Criciúma – aos 70 anos.
Descansa em paz no Cemitério Municipal do Bairro São Luiz.
Deixou esposa: Emma Sant'Anna Pieri.
Teve seis filhos: Maria Eni, Marli, Humberto, Hélio, Celso e Maria Stela.

HISTÓRICO:
* natural de Anitápolis, onde lecionava. Veio moço pra Criciúma.
* logo começou a trabalhar na Carbonífera Metropolitana. Ficou lá durante 35 anos, quando se aposentou e recebeu de presente a mesa de escritório que ele trabalhou esse tempo todo, bem como uma homenagem de honra ao mérito pela dedicação.
* todos o conheciam por Pieri, tinha muitos amigos, principalmente no Círculo São José, onde freqüentava depois da Missa das 10h de domingo, na Igreja Matriz São José (hoje a Catedral).
* sempre que podia ele ia para o antigo  Aeroporto Leoberto Leal (hoje o Paço Municipal) e com o amigo dele, que era piloto da Metropolitana, saudoso Valdir  Neves, saia a voar por aí. Maria Stela sempre acompanhando ele nas aventuras. 
* Irmão do grande radialista Sebastião Humberto Pieri, o “Castro de Alencar” da Rádio Eldorado, anos 50/60.