Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Bolsa

Por Lucas Rocco 09/04/2019 - 06:00Atualizado em 12/04/2019 - 22:51

Por André Ribeiro

No mercado acionário brasileiro, os investidores iniciaram a semana com tom de cautela, sem grandes movimentações, acompanhando o ritmo das negociações no exterior. Lá fora o imbróglio “ChinaxEua” segue no radar e por aqui o principal gatilho para novos movimentos na bolsa brasileira é a agenda fiscal, com foco hoje na Reforma da Previdência. A PEC está na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e a expectativa é que a votação por lá ocorra no próximo dia 17. Cada avanço, ou não, que ocorrer sobre a reforma da Previdência possui potencial para impactar o nosso mercado e o próximo grande momento será a escolha do relator da Comissão Especial. Na Comissão Especial será o momento em que os parlamentares, integrantes da comissão, farão a análise e alterações no texto da PEC antes de ir à votação no Plenário da Câmara. Sem grandes novidades sobre isto, não tivemos grandes movimentações no Ibovespa, com o índice encerrando o dia em alta de 0,27%, aos 97.369 pontos e com volume financeiro de R$9,02 bilhões.